sexta-feira, julho 1, 2022
No menu items!
spot_imgspot_img
InícioTrabalhoCurso de Ciências da Computação: como é a faculdade e o que...

Curso de Ciências da Computação: como é a faculdade e o que estuda

- Advertisement - Afiliagram Pro

Está pensando em ingressar no curso de Ciências da Computação? São muitos os estudantes que sonham em obter esse diploma, principalmente devido ao crescimento constante das novas tecnologias neste campo de atuação.

Este curso é uma oportunidade que abre diferentes caminhos. É uma área de estudos que lida com a implementação e gestão de sistemas e soluções para processamento de dados, tanto do ponto de vista de hardware como de software.

Essa graduação é muito procurada no mercado hoje, pois sempre há demanda por esses profissionais.

Ter um amplo conhecimento no setor permite atuar em diferentes contextos, públicos e privados, colaborando também com o desenvolvimento tecnológico.

Como é o curso de Ciências da Computação

Vamos ver o que se estuda no curso de Ciências da Computação, para que você perceba se possui afinidade com as disciplinas da faculdade. A duração do curso é de 4 anos e as grades curriculares podem variar de uma instituição para outra.

As disciplinas incluem diferentes temas em Exatas, da eletrônica à matemática. Confira abaixo:

  • Matemática
  • Geometria
  • Informática
  • Física geral
  • Probabilidade e estatísticas
  • Bancos de dados
  • Sistemas de processamento
  • Sistemas elétricos
  • Eletrônicos
  • Campos electromagnéticos
  • Sistemas digitais
  • Redes de computadores
  • Programação
  • Sistemas operacionais
  • Outras

Para completar a formação, a defesa do TCC é obrigatória.

Oportunidades no mercado de trabalho

Para quem é formado no curso de Ciências da Computação, existem excelentes oportunidades para quem se torna um programador ou um desenvolvedor.

Antes de entrar no mundo da TI , é bom ter uma coisa em mente. Quanto mais habilidades e especializações você tiver, maiores são as chances de conseguir um emprego.

- Advertisement - Afiliagram Pro

Se você quer se tornar um programador ou um desenvolvedor, o importante é se tornar um profissional completo.

Programador

Em primeiro lugar, para ser um bom programador, é essencial uma profunda competência no mundo da tecnologia da informação.

O elevado conhecimento eletrônico e de hardwares, aliado ao conhecimento aprofundado de software e pacotes de aplicações, sem esquecer a importância de uma boa familiaridade com as principais linguagens de programação, é um primeiro conjunto de qualidades fundamentais para tornar-se um programador.

Muitas vezes o programador é definido como um profissional que lida apenas com testes de códigos. Porém, ele lança as próprias bases sobre as quais se apoiará todo o sistema de TI corporativo.

Muitas vezes, durante a programação, você se encontrará lidando com bugs ou erros nunca enfrentados antes e é aí que suas habilidades de resolução de problemas podem fazer a diferença.

Saber analisar o problema de forma crítica e encontrar a solução mais eficaz e menos dispendiosa (para o seu tempo e recursos da empresa ) é essencial.

Projetar, produzir e adaptar equipamentos tecnológicos aos seus propósitos é um passo muito importante no trabalho de um bom programador, assim como ter um planejamento correto do seu trabalho.

Todas as etapas do trabalho do programador devem de fato ser calculadas e demonstradas para as empresas.

Suas prerrogativas são proporcionar ao usuário uma navegação intuitiva e amigável com o o uso de linguagens de programação incluindo HTML, JavaScript e CSS.

Desenvolvedor

O desenvolvedor é aquele que atua no desenvolvimento do software, acompanhando sua evolução e planejamento. Você também pode seguir essa trajetória ao fazer um curso de Ciências da Computação.

- Advertisement - Mapa do Dinheiro Urgente

Ele é visto, portanto, como aquele que lida com a análise e projeto do software, sua implementação e teste e, por fim, sua manutenção.

Desenvolvedor de back-end

O Desenvolvedor back-end pode ser definido como o verdadeiro arquiteto da web.

Se o Front-end possui habilidades de arquitetura do site, mas as utiliza mais para o design, o back-end cuida da parte estrutural do próprio site.

As intervenções de um back-end devolper não focam na interface gráfica, mas no código.

Esse profissional garante que o software e os sites sejam bem construídos desde o início, evitando bugs e erros de qualquer tipo.

Desenvolvedor Fullstack

O Full-stack Developer é a figura profissional que combina as habilidades de profissionais anteriores e, portanto, cuida tanto da parte interna quanto da parte frontal dos sites e softwares.

Desenvolvedor de aplicativos

Para se tornar um desenvolvedor de aplicativos, primeiro será essencial conhecer as duas plataformas mais importantes do momento: iOS e Android, bem como as linguagens de programação mais usadas, como C++ ou Java, especializando-se em uma ou em ambas.

Criar aplicativos é um excelente caminho para sua carreira de desenvolvedor.

Desenvolvedor de jogos

O desenvolvedor de videogames é uma figura de destaque nos últimos anos que se estabelece cada vez mais no panorama econômico da era digital.

Com a ascensão dos videogames em todo o mundo, tornar-se um desenvolvedor nessa área é uma escolha visionária.

- Advertisement - Afiliagram Pro

O videogame é hoje um verdadeiro fenômeno cultural de massa que satisfaz os mais diversos gostos.

Se você optar por esse caminho, a primeira coisa a fazer é decidir em qual setor de jogos você deseja se concentrar e depois na aquisição de linguagens de programação.

Algoritmos e programação andam de mãos dadas e é preciso estar familiarizado com ambos.

Espero que este artigo tenha te ajudado!

- Advertisement - Afiliagram Pro
T & R
T & Rhttp://trabalhoerenda.com.br
“Investir em conhecimento sempre rende os melhores juros.” – Benjamin Franklin.
ARTIGOS RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisment -spot_imgspot_img

Mais popular

Comentários recentes

error: Content is protected !!